Connect with us

Business

Gestão: Luiz Otávio Goi explica como desmistificar o fenômeno do mercado de ações ESG

Published

on

O mercado de ações brasileiro nunca foi tão movimentado como nos últimos três anos. Com o surgimento de novos bancos personalizados, carteiras de ações das mais variadas e com a tendência de busca de independência financeira através dos dividendos e juros, o brasileiro passou a emplacar a compra de ações como um dos investimentos mais utilizados, independentemente do poder aquisitivo do investidor.

Com essa mudança de aplicação em bens duráveis para o mercado de ações, muitas oportunidades estão surgindo e as ações de grandes empresas, atreladas a bolsa de valores, tem gerado brilho nos olhos de investidores novos ou experientes, através da oportunidade gerada com lucratividade rápida baseada em um risco ligado diretamente a volatilidade das ações do mercado nacional.

Dentro desse formato de dividendos, uma sigla que tem sido comum é o ESG (Environmental, Social  and Governance) que traduzindo para o português significa –  Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Governança corporativa. Essa sigla agrega informações sobre as empresas que estão relacionadas diretamente a riscos que podem gerar impactos de alta representação em suas ações distribuídas, ocasionando variações no custo das ações (quem não lembra dos impactos sofridos por empresas até então consideradas muito estáveis no período da operação “Lava Jato” ou até mesmo com os desastres ocorridos nas barragens de rejeitos de cidades brasileiras?).

O ESG é uma forma de mostrar ao investidor o quanto a empresa na qual ele está investindo está sólida ou não, para evitar o risco de uma flutuação desastrosa de suas ações no mercado. Pensando nessa questão, listei aqui alguns itens que devem ser verificados pelos investidores sob o tema ESG, para nortear a segurança de seus investimentos:

Meio ambiente: O tema meio ambiente é sempre o primeiro que vem à cabeça daqueles que escutam falar de ESG, e não é para menos, visto que esse tema requer muita atenção. Para entender se uma empresa tem de fato uma estrutura sólida no tema ambiental, é importante que ela divulgue periodicamente sua política ambiental, seu inventário de GEE (Gases de efeito estufa), seu relatório de sustentabilidade a ainda assuma publicamente compromissos como a redução de sua pegada de CO2, redução do consumo de recursos naturais, uso de energia limpa e outras questões ambientais de grande relevância. Vale a pena pesquisar um pouco sobre a norma ISO14001 que regulamenta os sistemas de gestão ambientais nas empresas certificadas.

Dica: Fuja do Greenwash – Essa sigla é utilizada para apresentações ambientais sem uma devida base. Representa empresas que demonstram ter um compromisso, porém sem uma estrutura sólida como metas a médio e longo prazo, gerando um “falso” compromisso ambiental.

Responsabilidade Social: A responsabilidade social é o tema mais amplo e difundido no meio empresarial. Para garantir que a empresa está empenhada nisso o investidor deve buscar saber de fato se a empresa tem compromissos com a igualdade de gênero e racial, equidade de oportunidades e se tem políticas sólidas contra o assédio de todos os tipos, apoiando o trabalho justo. Cumprimento de cotas de pessoas com deficiência e aprendizagem fazem parte de um legislativo básico, portanto, as empresas devem ter compromissos de igualdade de oportunidade para aqueles que estão socialmente vulneráveis, além de engajar seus stakeholders a fazer o mesmo.

Dica: Importante acessar a ISO16001, norma que regulamenta a responsabilidade social empresarial, demonstrando os requisitos importantes para uma empresa socialmente correta através de requisitos específicos.

  Governança corporativa: O tema de governança deve ser o mais complexo e temido pelas empresas quando o assunto é ESG. Isso porque o tema deve gerir diversas regras internas para garantir uma governança sólida e “a prova de escândalos”. No tema governança, o investidor deve ter uma atenção especial aos temas de: transparência, ética e integridade, anticorrupção, responsabilidade corporativa e accountability (avaliação de contas de forma transparente e passível de auditoria).

Nesse quesito é favorável o investidor verificar quem são os órgãos que auditam a empresa na qual pensa investir, qual o nível de transparência de suas informações e ainda quais políticas existem para garantir as regras de compliance. Dentro da realidade atual, também é importante entender em que nível de maturidade a empresa se encontra quanto a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) visto que é um tema que está mexendo muito com a segurança dos dados das empresas brasileiras pela fragilidade percebida nos últimos tempos.

Dica: Fuja das empresas com relatórios financeiros confusos e sem nexo numérico. Evite investir em empresas que postergam metas voltadas à governança e também que não tem políticas de compliance e anticorrupção claras. Além disso, é importante entender o básico da norma ISO37001 que é referência em governança corporativa.

Como podemos ver, existem diversas avaliações a serem realizadas pelos investidores, além disso o tema ESG surge como um aliado para verificar o quanto seu investimento está seguro em papéis de empresas que realizam de forma clara e transparente suas funções no tema.

É também importante que o investidor domine questões como gestão de riscos (existe uma norma ISO31000 que trata de metodologias e requisitos sobre o tema) para que se entenda como a empresa lida com os riscos existentes em seu processo.

Existe hoje, uma carteira de investimento, conhecida como ISE (Índice de sustentabilidade empresarial) que representa o resultado de empresas que foram auditadas e certificadas pela bolsa de valores (Bovespa) sob os requisitos de ESG, que demonstra uma lista de empresas sólidas e competitivas, dando um pouco mais de segurança para o investidor na hora de escolher onde aplicar seu dinheiro.

 

Sobre Luiz Otávio Goi Jr.

Com uma história de mais de 15 anos no mercado, o gestor empresarial Luiz Otávio Goi, tem desempenhado um papel importante no meio corporativo, desburocratizando e levando a gestão de negócios a um novo patamar.

Nascido na periferia de São Paulo, o jovem não teve facilidades na sua trajetória, estudou a vida toda em escolas públicas, e focou seus objetivos na construção de um futuro melhor, mudando a realidade do seu ciclo familiar.

Luiz se formou na área ambiental, se especializou em educação, saúde e segurança no trabalho, sistemas de gestão integrados e possui dois MBAs, Gestão empresarial e Sustentabilidade Empresarial. Ao longo de mais de 15 anos de experiência em gestão no ramo da indústria automobilística, de energia e bens de consumo se tornou gestor corporativo dos sistemas integrados de uma grande empresa, que conta com mais de 15 mil funcionários.

“Precisamos criar um mundo corporativo menos crítico e mais colaborativo”. Afirma Luiz Otávio Goi jr.

O gestor realiza um trabalho expressivo de divulgação de gestão empresarial e cultura corporativa de forma simplificada em suas redes sociais, e em mídias corporativas, a fim de promover a democratização do conhecimento.

 

Redes sociais:

 

Instagram: https://www.instagram.com/luiz_goijr/

Linkedinhttps://www.linkedin.com/in/luiz-ot%C3%A1vio-goi-junior-b2743

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Business

Empreendedoras em Ação: Os desafios e sucessos das mulheres no mundo dos negócios

Published

on

No cenário atual, as mulheres enfrentam desafios únicos ao iniciar e gerir suas próprias empresas. Em uma entrevista reveladora, Patrícia Ribeiro, CEO da Influ Brasil e idealizadora do Mulheres Unidas, compartilhou sua visão sobre os principais obstáculos e estratégias para superá-los, discutindo temas como gestão, networking, preconceitos de gênero e acesso a financiamentos.

 

Principais Obstáculos

“Um dos maiores obstáculos que as mulheres enfrentam ao iniciar suas empresas é a falta de conhecimento sobre gestão e finanças,” explica Patrícia Ribeiro. “Muitas vezes, elas começam negócios do zero sem o conhecimento adequado em áreas cruciais, o que pode dificultar o crescimento e a sustentabilidade de suas empresas. Além disso, a necessidade de equilibrar responsabilidades familiares com as demandas do negócio é uma barreira significativa. A falta de apoio e de uma rede de contatos também contribui para esses desafios.”

A Importância do Networking

Patrícia Ribeiro destaca a importância do networking para o sucesso das mulheres empreendedoras. “O networking é vital porque abre portas para oportunidades, parcerias estratégicas e acesso a recursos e conhecimentos. No entanto, construir essas redes pode ser desafiador devido à falta de representação feminina em muitos círculos empresariais. As responsabilidades profissionais e pessoais muitas vezes limitam a capacidade das mulheres de participar de eventos de networking, dificultando a construção de conexões valiosas.”

Superando Preconceitos e Estereótipos de Gênero

Para ajudar as mulheres a superar preconceitos e estereótipos de gênero, Patrícia Ribeiro promove um ambiente acolhedor com mentorias e capacitação contínua. “Encorajo as mulheres a confiar em suas habilidades e se posicionarem assertivamente. Aumentar a visibilidade das mulheres no mercado através de oportunidades de networking e eventos do setor também é crucial. Estratégias de marketing digital ajudam a destacar as realizações e capacidades das mulheres, combatendo os estereótipos de gênero.”

Desafios na Busca por Financiamentos

Patrícia Ribeiro acredita que as mulheres enfrentam desafios únicos ao buscar financiamentos e investimentos para seus negócios. “Elas frequentemente encontram preconceitos implícitos e explícitos que influenciam as decisões dos investidores. Além disso, têm menos acesso a redes de contatos influentes que facilitam a obtenção de investimentos. Para superar esses desafios, as empreendedoras devem se concentrar em construir um plano de negócios sólido e detalhado, buscar mentores e conselheiros, e participar de eventos de networking específicos para mulheres.”

Histórias de Sucesso

Um exemplo inspirador compartilhado por Patrícia Ribeiro é o de uma cliente que estava em dúvida e resistente a lançar seu negócio. “Com um produto inovador, ela enfrentava várias dificuldades. Através de uma rede de mulheres influentes no setor, ela recebeu apoio e oportunidades de investimento que foram fundamentais para o lançamento e a expansão de sua marca. Essa história demonstra o impacto positivo do apoio e do networking no sucesso das mulheres empreendedoras.”

As mulheres continuam a enfrentar desafios significativos no mundo dos negócios, mas com o apoio adequado, mentorias e uma rede sólida de contatos, elas podem superar esses obstáculos e alcançar o sucesso. A jornada pode ser difícil, mas as histórias de superação mostram que é possível vencer e prosperar.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Business

Prospecção: Silvestre revela como conquistar clientes e alcançar o sucesso financeiro

Published

on

By

Lucas Silvestre, especialista em prospecção ativa e “Top Voice” do Linkedin, dá dicas importantes para fechar mais negócios


A prospecção de novos clientes é um dos principais desafios para empresas de diferentes tamanhos e áreas de atuação. Muitas vezes, os gestores comerciais tentam desenvolver “scripts perfeitos” para atrair interessados, mas acabam obtendo resultados insatisfatórios ao deixarem de lado aspectos importantes nessa comunicação.

Isso é o que explica o especialista em prospecção ativa Lucas Silvestre, fundador da Veross e atualmente “Top Voice” no LinkedIn. Silvestre conta que muitos clientes o procuram na tentativa de desenvolver essa “fórmula” para resultados rápidos, o que acaba não dando certo. “O que eu percebo nesses pedidos é que quase todos querem o ‘pulo do gato’, o script perfeito que se desdobrará em vendas. Mas tenho de dar um banho de água fria, pois isso não funciona assim. Não é somente com a palavra mágica ou o modelo incrível que você chamará a atenção do seu potencial cliente”, explica.

O especialista esclarece que usar scripts e ter templates de comunicação não está errado, mas destaca a importância da flexibilidade nesses modelos. “Com eles, você ganha tempo e tem possibilidades de analisar a performance de suas atividades comerciais, mas sugiro deixar boa parte dos campos livres para o complemento e a contextualização”, detalha.

De acordo com Silvestre, a chave para o sucesso na prospecção é “criar um contexto para um pretexto”. Para pôr essa estratégia em prática, o especialista dá algumas dicas. A primeira delas é colocar o potencial cliente em foco, com a necessidade dele em primeiro lugar. “Fale sobre ele e para ele; com assuntos relevantes e que gerem valor”, destaca. Com essa abordagem, o interlocutor se sente importante e valorizado, dando mais abertura para o desenvolvimento da conversa.

Outra dica é fazer contato somente quando já se tem “um nome” em mente. Na prática, isso significa pesquisar informações mínimas sobre o cliente em potencial antes do contato. “Você não pode ligar para o telefone da pessoa e perguntar ‘quem é’”, destaca o especialista. Segundo ele, caso não haja muitos dados disponíveis, o ideal é fazer uma ligação para ‘sondagem’ — momento em que o discurso de vendas ainda não deve ser disparado.

A terceira dica é definir um objetivo claro para cada contato durante o processo de prospecção. “Conseguir se conectar com o contato leva a uma próxima ação; a ligação de sondagem e descoberta tem o objetivo de gerar informação para a lista; seu primeiro speech de prospecção leva a outra; a qualificação direciona para a próxima atividade, e assim por diante”, diz Lucas.

Assim, para que tudo corra conforme o planejado, é preciso ter um processo de prospecção bem desenhado, no qual o lead possa “caminhar”. “Engaje-o e valide-o em micro etapas”, diz Lucas Silvestre. “Além disso, crie uma lista de prospecção antes de sair contatando a esmo e invista em uma ferramenta de cadência. Com essas estratégias, você certamente fechará mais negócios”, conclui.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Business

122 bilhões de reais devem ser investidos no mercado de influência em todo o mundo

Published

on

Isabela Soller, CEO de empresa de gerenciamento de carreira, explica a importância desses investimentos para impulsionar o sucesso de influenciadores e marcas

Nos meandros da era digital, onde a influência se traduz em moeda corrente, adentrar os bastidores da gestão de carreira revela-se uma jornada complexa. Para isso, é essencial compreender o que é o marketing de influência e qual o seu papel no atual cenário digital. Este tipo de marketing se baseia na ideia de utilizar personalidades que possuem autoridade e credibilidade em plataformas online para promover produtos, serviços ou marcas. Alguns pontos cruciais para entender o marketing de influência incluem:

– Autoridade e credibilidade: Influenciadores são valorizados por sua expertise em determinados assuntos e pela confiança que conquistaram junto à sua audiência.

– Alcance e engajamento: A capacidade dos influenciadores de alcançar um público significativo e engajado é fundamental para o sucesso das campanhas.

– Segmentação e nichos: O marketing de influência permite às marcas atingirem públicos específicos, uma vez que muitos influenciadores possuem seguidores altamente segmentados em nichos de interesse.

– Autenticidade e relevância: Uma das chaves do sucesso nesse campo é a autenticidade das parcerias entre influenciadores e marcas, garantindo que as mensagens promocionais sejam relevantes e ressoem com a audiência do influenciador.

Compreender esses aspectos do marketing de influência é fundamental para explorar eficazmente os bastidores da gestão de carreira de influenciadores, onde estratégias são elaboradas e executadas visando o crescimento a longo prazo. Nesse cenário, desponta o Grupo Soller, uma empresa especializada em soluções de marketing de influência e gerenciamento de carreira para personalidades e marcas.

A CEO do grupo, Isabela Soller, faz uma análise sobre a importância desse tipo de gerenciamento. “A partir do momento em que um criador de conteúdo entra para o Marketing de Influência, ele se depara com uma diversidade enorme de concorrentes. E é nesse momento que entramos corrigindo a estratégia para destacá-lo no mercado.” E ela acrescenta: “O marketing de influência é um mercado muito amplo e concorrente, ele abrange vários pontos em sua construção, como análise de audiência, de conteúdo orgânico, planejamento estratégico, direcionamento de imagem e criação de campanhas. A equipe de gerenciamento deve estar presente em todas as etapas do processo, impulsionando a criatividade para alcançar resultados significativos.

-Aumento dos investimentos

De acordo com uma pesquisa realizada pelo “The Influencer Marketing Benchmark Report 2024”, do Influencer Marketing Hub, o mercado de influência em 2024 deve chegar a 24 bilhões de dólares, cerca de 122 bilhões de reais, no mundo inteiro. Isso iria representar um aumento de 13,7% em relação ao valor movimentado em 2023.

Vale ressaltar, que aqui no Brasil o investimento em marketing de influência também está em ascensão, com 68% dos anunciantes planejando aumentar seus gastos nessa área ao longo de 2024, de acordo com um estudo recente produzido pela Influency.me.

Esse crescimento reflete a crescente importância que as marcas estão atribuindo à colaboração com influenciadores para alcançar e engajar seus públicos-alvo de forma mais autêntica e eficaz. Esse aumento significativo nos investimentos é impulsionado pela constatação de que estratégias de marketing de influência, quando bem executadas, podem gerar não apenas visibilidade, mas também aumentar a confiança do público e impulsionar as vendas.

Isabela Soller enxerga o marketing de influência como um universo dinâmico e desafiador, onde a adaptabilidade e a compreensão das nuances digitais são essenciais. Em suas palavras, “o meio do Marketing de influência é desafiador, pois o mundo digital muda a cada dia e as dificuldades e surpresas são mais rápidas com a internet. Nosso maior desafio é saber o que comunicar com cada cliente, entendendo suas necessidades específicas e criando estratégias que ressoem autenticidade e relevância com suas audiências.” Para Isabela, a chave para o sucesso nesse campo está na capacidade de permanecer ágil, resiliente, adaptável e sempre atento às mudanças e tendências do mercado digital.

-Transformações no mundo digital

A ascensão do TikTok e outras inovações digitais está transformando não apenas a maneira como consumimos entretenimento, mas também como buscamos informações e nos conectamos com marcas e conteúdo. Essa mudança de paradigma, conforme observa Isabela Soller, está evidenciando uma transição das redes sociais como meros espaços de lazer, para ferramentas de busca igualmente poderosas, competindo diretamente com gigantes como o Google. Diante desse cenário em constante evolução, os produtores de conteúdo e as Big Techs estão se adaptando para atender às demandas dessa nova era digital.

Quando questionada sobre a importância de um gerenciamento profissional de carreira, Isabela enfatiza a necessidade de ter um profissional qualificado por trás de qualquer marca ou pessoa. “Um gerenciamento profissional de carreira é fundamental para influenciadores e marcas que desejam alcançar seu máximo potencial no cenário digital altamente competitivo de hoje.”, finaliza.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Entretenimento15 minutos ago

Grupo RG Samba lança novo single pela Radar Records

Um dos mais tradicionais grupos de samba do país, o RG Samba acaba de anunciar novo single. Trata-se da obra prima musical...

Geral40 minutos ago

Short Report Reveals The Undeniable Facts About Ecuador Girls And How It Can Affect You

Instead, their pure and polite character attracts the surrounding people. You will recognize her nice jokes combining with a versatile...

Entretenimento4 horas ago

Descubra a Importância dos Portais de Notícias para a Cobertura de Famosos

Nos dias atuais, os portais de notícias on-line têm desempenhado um papel fundamental ao oferecer facilidade e agilidade na busca...

Geral21 horas ago

As yet not known Facts About Hot Russian Women Unveiled By The Authorities

There are Russian women who are enticing beyond 40 or 50 or even 60 years old. On the other hand,...

Geral22 horas ago

The Honest to Goodness Truth on Norwegian Bride

When it involves courting a Norwegian girl, you may surprise about potential language barriers. English proficiency is kind of prevalent...

Geral22 horas ago

How Does Hot Indian Girl Work?

Despite progress being made towards gender equality, there are still challenges that women face, including unequal pay and restricted entry...

Geral23 horas ago

Why I Love/Hate Brazilian Mail Order Bride

They additionally tend to be hot-tempered and could be very demanding. If you need to know the method to get...

Geral24 horas ago

The Insider Secrets of Colombian Girls Discovered

This would possibly imply compartmentalizing your life a bit, or even laying down robust ground rules from the very starting...

Geral1 dia ago

Top India Women Reviews!

When it involves how an Indian lady acts in bed, so much will depend on how easily she is there...

Geral1 dia ago

What Everyone Is What You Ought To Do And Saying About Hot Colombian Girl

They are loyal and trustworthy when they are relationship men they like. All this is combined with their inherent sexuality...

Advertisement

Ultimos Posts

Copyright © BusinessFeed