Connect with us

Saúde

Obesidade e Hormônios

Published

on

A obesidade e os problemas hormonais estão frequentemente interligados, com cada um podendo influenciar e agravar o outro. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a obesidade pode afetar o equilíbrio hormonal e vice-versa:

Resistência à insulina: A obesidade está frequentemente associada à resistência à insulina, onde as células do corpo não respondem adequadamente à insulina, levando a níveis elevados de açúcar no sangue. Isso pode desencadear um aumento na produção de insulina pelo pâncreas, o que, por sua vez, pode contribuir para o armazenamento de gordura e ganho de peso. A resistência à insulina também pode estar associada a desequilíbrios hormonais, como o aumento nos níveis de insulina e a diminuição da sensibilidade aos hormônios reguladores do apetite, como a leptina.

Disfunção da tireoide: A obesidade pode aumentar o risco de disfunção da tireoide, como hipotireoidismo (produção insuficiente de hormônios tireoidianos) ou hipertireoidismo (produção excessiva de hormônios tireoidianos). Alterações na função da tireoide podem afetar o metabolismo, o que pode contribuir para o ganho de peso e dificultar a perda de peso. Além disso, a obesidade em si pode desencadear inflamação crônica, o que pode afetar adversamente a função da tireoide.

Desequilíbrios de estrogênio e testosterona: A obesidade pode levar a desequilíbrios nos níveis de hormônios sexuais, como estrogênio em mulheres e testosterona em homens. O tecido adiposo (gordura) produz estrogênio, e níveis excessivos de gordura corporal podem levar a um aumento na produção de estrogênio. Isso pode contribuir para problemas de saúde, como síndrome dos ovários policísticos (SOP) em mulheres e diminuição da fertilidade em homens. Além disso, desequilíbrios hormonais podem afetar o metabolismo e a distribuição de gordura corporal, aumentando o risco de obesidade centralizada, que é associada a um maior risco de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

Cortisol e estresse: A obesidade pode estar associada a níveis elevados de cortisol, o hormônio do estresse. O cortisol desempenha um papel importante na regulação do metabolismo da glicose, do sistema imunológico e da resposta ao estresse. Níveis elevados crônicos de cortisol podem levar à resistência à insulina, aumento do apetite e acúmulo de gordura abdominal. Além disso, o estresse crônico associado à obesidade pode afetar negativamente o equilíbrio hormonal, contribuindo para problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Em resumo, a obesidade e os problemas hormonais estão intrinsecamente ligados e podem criar um ciclo de influência mútua, levando a uma série de problemas de saúde. É importante abordar tanto a obesidade quanto os problemas hormonais de forma holística, buscando tratamento médico adequado, adotando um estilo de vida saudável que inclua alimentação balanceada, exercícios físicos regulares e gerenciamento do estresse, e consultando profissionais de saúde, como endocrinologistas, nutricionistas e terapeutas, conforme necessário.

Além dos pontos mencionados, é importante reconhecer que os problemas hormonais podem não apenas ser causados pela obesidade, mas também podem contribuir para o desenvolvimento e agravamento da condição. Por exemplo:

Leptina e grelina: A leptina e a grelina são hormônios que desempenham papéis importantes na regulação do apetite e do metabolismo. A leptina é produzida pelo tecido adiposo e atua sinalizando ao cérebro a sensação de saciedade, enquanto a grelina é produzida no estômago e estimula o apetite. Em indivíduos obesos, os níveis de leptina podem estar elevados, levando a uma resistência à leptina, o que significa que o cérebro não responde adequadamente ao sinal de saciedade. Isso pode contribuir para o aumento da ingestão alimentar e o ganho de peso. Além disso, desequilíbrios nos níveis de grelina também podem ocorrer em pessoas obesas, contribuindo para a dificuldade em controlar o apetite.

Adipocinas: O tecido adiposo também produz uma variedade de substâncias chamadas adipocinas, que desempenham papéis importantes na regulação do metabolismo, inflamação e resposta imunológica. Em pessoas obesas, os níveis e a função dessas adipocinaspodem ser alterados, o que pode contribuir para a inflamação crônica, resistência à insulina e outros problemas de saúde associados à obesidade, como doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

Hormônios sexuais: Além dos problemas de fertilidade mencionados anteriormente, desequilíbrios nos níveis de hormônios sexuais podem afetar a saúde reprodutiva e menstrual em mulheres obesas. Por exemplo, a obesidade pode levar a níveis elevados de estrogênio, o que pode aumentar o risco de câncer de mama e outros problemas de saúde. Além disso, problemas de fertilidade podem surgir devido à síndrome dos ovários policísticos (SOP), que está associada à obesidade e a desequilíbrios hormonais.

Portanto, a abordagem da obesidade deve levar em consideração não apenas os aspectos físicos, mas também os aspectos hormonais e metabólicos subjacentes. Uma abordagem holística e multidisciplinar, envolvendo profissionais de saúde de diferentes áreas, é essencial para o tratamento eficaz da obesidade e dos problemas hormonais associados. Isso pode incluir mudanças no estilo de vida, como dieta saudável e exercícios, medicamentos para controlar os hormônios e, em alguns casos, terapias adicionais para tratar condições subjacentes.

DRA. CAROLINA MANTELLI é médica, endocrinologista e metabologista e tem a missão de amenizar a dor física e da alma através do auto resgate.
Criadora do método “Calça Meta”, metodologia criada com o intuito de libertar seus pacientes de amarras de todos os traumas que envolvem o emagrecimento.

@dramantelli

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Saúde

Saiba como a Lei da Atração ajuda a transformar atletas em campeões nestas Olimpíadas

Published

on

Um dos maiores atletas do mundo usou a técnica de visualização a favor de suas vitórias

Os Jogos Olímpicos se aproximam e o poder da mente e da visualização não é novidade também  no mundo do esporte. Atletas de elite frequentemente recorrem a técnicas como esta para alcançar seus objetivos e superar limites. A Lei da Atração, um conceito comprovado que sugere que pensamentos positivos podem atrair resultados igualmente positivos, é amplamente utilizada para melhorar o desempenho esportivo. 

De acordo com Elainne Ourives, psicanalista e especialista em reprogramação mental, a visualização é uma ferramenta poderosa que pode transformar a performance de qualquer atleta. “Quando um esportista visualiza sua vitória, ele está, na verdade, reprogramando sua mente para alcançar aquele objetivo. É como ensaiar mentalmente para um grande espetáculo”, explica.

Um exemplo importante do poder da visualização no esporte é a lenda do golfe, Jack Nicklaus. Ele é reconhecido como o melhor jogador do segmento de todos os tempos, com um recorde imbatível de vitórias. Niklaus não apenas praticava no campo: ele ensaiava suas jogadas mentalmente, visualizando cada movimento e resultado com precisão. Segundo Elainne, ele acreditava que essa prática era essencial para seu sucesso e suas vitórias acabaram falando por si.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 100

“Eu nunca dei uma tacada, nem mesmo na prática, sem ter uma imagem muito precisa em minha cabeça. Primeiro, vejo a bola e onde quero que ela chegue, de modo exato e claro, correndo bem por cima da grama verde brilhante. Então a cena muda rapidamente e vejo a bola chegando lá; seu caminho, sua trajetória e sua forma – inclusive seu comportamento na aterrissagem. Há uma espécie de desvanecer da imagem e, na próxima cena, me visualizo fazendo o swing que vai transformar as imagens prévias da minha mente em realidade”, costumava repetir o atleta.

Jack Nicklaus, também conhecido como “embaixador do golfe”, é um dos maiores incentivadores do esporte no mundo. Ele compartilha suas técnicas de visualização em livros autobiográficos, demonstrando como o poder do foco e da visualização pode ser aplicado para alcançar a alta performance em qualquer campo. “Relatos como esse mostram que o método de projeção holográfica do que está em mente funciona em qualquer área da vida, seja para prosperar em vitórias, na carreira ou no amor”, pontua a psicanalista.

Considerando esse contexto, muitos atletas têm adotado técnicas de visualização e reprogramação mental na busca por medalhas olímpicas, além de maximizar seu desempenho. Eles ensaiam mentalmente cada movimento, cada vitória, projetando na mente a realidade que desejam ver concretizada.

A Lei da Atração e a visualização são ferramentas que podem ajudar qualquer pessoa, não apenas atletas, a alcançar seus objetivos. Para descobrir os segredos dessa técnica e ter a performance de um atleta em qualquer área da vida, Elainne possui a Academia da Visualização. 

Independentemente da área, visualizar desejos acelera a concretização das metas através da conexão entre pensar e criar. Quando alinhada com sentimentos positivos, a técnica transforma a imaginação em realidade. Não é magia, mas ciência comprovada: a mente não distingue entre imaginação e realidade, permitindo que qualquer pessoa use essa prática para alcançar seus objetivos.“O Conhecimento Liberta! E pode realmente transformar a sua vida de uma vez por todas”, conclui. 

Sobre Elainne Ourives

Treinadora mental, cientista e pesquisadora nas áreas da Física Quântica, das Neurociências e da reprogramação mental; autora best-seller de 8 livros; mestra de mais de 200 mil alunos, sendo 120 mil deles alunos do treinamento Holo Cocriação de Sonhos e Metas, a mais completa metodologia de reprogramação mental, cocriação e manifestação de sonhos do mundo; formada pelos maiores cientistas do mundo, tais como Jean Pierre Garnier Malet, Tom Campbell, Gregg Braden, Bob Proctor, Joe Dispenza, Bruce Lipton, Deepak Chopra e Tony Robbins; multiplicadora do Ativismo Quântico de Amit Goswami; certificada pelo Instituto HeartMath; única trainer de Joe Vitale no Brasil.

É ainda idealizadora do Movimento “A Vida é Incrível”, lançado para ajudar a libertar o potencial máximo das pessoas na realização de seus sonhos; e criadora da Técnica Hertz®, que surgiu a partir de descobertas da física quântica e do estudo aprofundado das mais poderosas técnicas energéticas do mundo. 

Para mais informações, acesse https://elainneourives.com.br ou pelo Instagram @elainneourivesoficial.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Escova interdental deixa os dentes até 60% mais limpos

Published

on

Especialista desmistifica o uso dessa ferramenta tão simples e, ao mesmo tempo, poderosa contra bactérias

Já é de conhecimento amplo que uma boa higiene bucal vai além da escovação tradicional. Complementos a estes cuidados estão em todos os supermercados e farmácias, como o fio dental e o enxaguante bucal. Já a escova interdental não compartilha da mesma popularidade. Mas finalmente essa ferramenta simples, porém altamente eficaz, tem ganhado destaque na rotina de cuidados dentários. 

Não faltam motivos para isto, afinal. Um estudo publicado no Journal of Clinical Periodontology demonstrou que o uso da escova interdental reduz o biofilme dental – ou a placa bacteriana, como era conhecido anteriormente – em até 60% em comparação apenas com a escovação tradicional. Além disso, outra pesquisa do Journal of Periodontology observou que o uso regular dessa escova diminui o risco de gengivite em 35%.

Para o Dr. José Todescan Júnior, especialista em Prótese Dental, Odontopediatria e Endodontia pela USP e membro de várias associações odontológicas renomadas, estes são motivos mais que suficientes para priorizar seu uso . “A escova interdental é uma ferramenta essencial para a higiene bucal. Ela alcança áreas que a escova de dente tradicional não consegue, removendo resíduos alimentares e biofilme entre os dentes”, explica o especialista.

Além do básico

Os méritos da escovação tradicional não podem ser diminuídos. Ela é mais que eficaz na limpeza da superfície dos dentes, porém pode deixar a desejar quando o assunto é a remoção da biofilme dental. Ele se acumula entre os dentes e abaixo da linha da gengiva, áreas de difícil alcance para a maioria das escovas comumente utilizadas no dia-a-dia.

Por isso, o design e a ergonomia fazem toda a diferença em sua aplicação. “A escova interdental é desenhada especificamente para essas áreas difíceis de alcançar”, explica Todescan. “Seu uso regular pode prevenir problemas como cáries, gengivite e periodontite.”

Isso porque o biofilme é o principal causador desses males. Ao removê-lo, a saúde bucal passa por uma exponencial melhora. “Mas, por outro lado, quando o biofilme não é removido, pode endurecer e se transformar em tártaro, que só pode ser retirado profissionalmente”, alerta.

A escolha certa

As escovas interdentais vêm em diferentes tamanhos para se adequar aos variados espaçamentos entre os dentes. Antes de iniciar seu uso, o recomendado é consultar um dentista. Dessa forma, é possível determinar o tamanho ideal e ainda receber instruções para uma utilização adequada. 

Enquanto uma escova muito pequena pode não ser eficaz, uma muito grande pode causar desconforto. Para obter os melhores resultados, é importante usar a escova interdental corretamente. “Insira suavemente entre os dentes e mova-a para frente e para trás algumas vezes em cada espaço. Não force a escova, pois isso pode causar danos às gengivas. Use a escova interdental uma vez ao dia, de preferência antes de dormir”, orienta o Dr. Todescan.

A utilização dessa pequena ferramenta mostra como a dedicação de poucos minutos no cotidiano pode fazer grande diferença para a saúde e a auto-estima de crianças e adultos. E nunca é tarde para começar.

Sobre José Todescan Júnior

Atuando com excelência na área de Odontologia há mais de 33 anos, José Todescan Júnior é especialista em Prótese Dental, Odontopediatria e Endodontia pela USP. Membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, membro da IFED (International Federation Esthetic Dentistry), membro da no Associação Brasileira de Odontologia Estética e membro da ABOD (Associação Brasileira de Odontologia Digital). Ele acredita que o profissional que se aperfeiçoa em diversas áreas pode escolher sempre o melhor para os pacientes.

Sobre a Clínica Todescan

Fundada pelo Dr. José Hildebrando Todescan, referência na área de odontologia no Brasil, há mais de 70 anos a Clínica Todescan atende pacientes com toda dedicação e excelência. O trabalho abrange praticamente todas as áreas da Odontologia, seja estética, curativa ou preventiva, sendo oferecidos tratamentos de alto nível científico, técnico e ético. Para mais informações, acesse clinicatodescan.com.br ou instagram.com/todescanjrodontologia.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Calvície masculina: quais os sinais de alerta?

Published

on

Segundo o médico Stanley Bittar, é preciso observar o que acontece no couro cabeludo para buscar ajuda assim que necessário

A calvície masculina afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). O público masculino costuma se queixar muito da queda de cabelos e das “famosas” entradas proeminentes. Mas se a calvície afeta e preocupa tanto os homens, quais os sinais de alerta que mostram que ela está chegando de fato?

Segundo o médico e empresário Stanley Bittar, CEO da Stanley´s Holding, que atua em diversos setores, incluindo educação, saúde, beleza, bem-estar, tecnologia, investimento, fintechs e startups, a calvície pode ser gerada por uma série de fatores, sendo a mais comum a herança genética. “Ela pode afetar tanto homens quanto mulheres. Quem é homem, costuma herdar a calvície da família materna, ou seja, se tiver um avô ou bisavô calvo por parte de mãe, terá mais chances de perder os cabelos também. Isso porque um dos genes associados à calvície masculina fica localizado no cromossomo X da mãe e é recessivo. Ou seja, se o homem herdar da mãe um cromossomo com esse gene, ele será calvo”, explica Stanley.

O especialista ressalta que, por conta disso, a genética já é, por si só, um primeiro alerta e os sinais começam com um afinamento na coroa ou recuo na linha do cabelo. “No caso das mulheres, seria necessário herdar dois genes alterados, da mãe e do pai, para a calvície se manifestar”, diz ele.

O médico ressalta, porém, que a genética não é a única condição a ser observada. “Existem outras questões que podem levar à perda do cabelo, como hormônios, medicações e tratamentos e condições médicas, como doenças autoimunes, tratamento de câncer e problemas na tireoide. Por isso, é importante estar atento aos sinais para buscar apoio médico e tratamentos assim que necessário”, afirma Stanley Bittar.

De acordo com o CEO da Stanley´s Holding, a idade em si, além do estilo de vida e saúde, também pode afetar a saúde capilar. “É natural que, à medida que os homens envelhecem, eles percam cabelo em razão da menor atividade dos folículos capilares. Além disso, se o homem vive uma vida com muito estresse ou dieta inadequada, também pode haver perda de cabelo”, diz.

O médico conta que há alguns sinais que podem indicar que a calvície está chegando e vale a pena ficar atento e buscar um especialista. “É importante saber que hoje temos solução para a questão da calvície, por isso ninguém precisa sofrer por conta desse problema”, diz.

Confira os sinais mencionados por Stanley Bittar:

  1. Recuo da linha do cabelo: É um dos primeiros sinais, geralmente, forma uma linha em formato de “M” no couro cabeludo.
  2. Cabelo se torna mais fino: Quando o cabelo começa a ficar mais fino, especialmente no topo da cabeça, pode ser um sinal de que a calvície está chegando.
  3. Perda de cabelo no topo da cabeça: Em alguns casos a calvície começa no topo da cabeça, resultando em uma área calva que pode aumentar ao longo do tempo.
  4. Queda excessiva de cabelo: Se o homem observa que há quantidade maior de cabelo caindo ao pentear, lavar ou até mesmo no travesseiro ao acordar, é um sinal importante de que algo está acontecendo.
  5. Áreas calvas: É preciso estar atento ao surgimento de áreas calvas e pequenos pontos “carecas” no couro cabeludo.

Sobre Stanley Bittar

Stanley Bittar é empresário com mais de 20 anos de experiência em cirurgia plástica. Mestre em medicina estética e palestrante renomado, sua trajetória é marcada por um espírito empreendedor indomável, que o levou a se tornar referência internacional em transplantes capilares.

Como CEO da Stanley’s Holding, Stanley lidera um grupo que atua em diversos setores, incluindo educação, saúde, beleza, bem-estar, tecnologia, investimento, fintechs e startups, todos integrados em um ecossistema completo com mais de 1000 colaboradores. Também é fundador da Stanley’s Hair, uma rede de clínicas de transplante capilar que se tornou a número 1 da América Latina. Seu grande sonho sempre foi democratizar o acesso ao transplante capilar no Brasil e no mundo e assim tem feito. Para mais informações acesse o instagram @stanleybittar e www.stanleybittar.com

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Negócios13 horas ago

Como alavancar as vendas do seu restaurante no frio

Executivas da Multichef explicam que baixas temperaturas também são um momento propício para atrair clientes  A estação mais gelada do...

Saúde13 horas ago

Saiba como a Lei da Atração ajuda a transformar atletas em campeões nestas Olimpíadas

Um dos maiores atletas do mundo usou a técnica de visualização a favor de suas vitórias Os Jogos Olímpicos se...

Famosos14 horas ago

Clara Brito torna-se nova sensação musical brilhando nos palcos brasileiros

Clara Brito, a talentosa cantora de Campos dos Goytacazes, está conquistando o Brasil com suas músicas envolventes “Tanto Faz” e...

Famosos15 horas ago

DJ WM brilha nos palcos e se torna nova promessa do entretenimento

O cenário musical capixaba está agitado com a ascensão meteórica de um jovem talento: DJ Wilton Matheus, conhecido carinhosamente como...

Negócios15 horas ago

Referência em Direito Tributário, Renata Bilhim inaugura escritório em Alphaville

De acordo com a advogada, o projeto irá redefinir os padrões de excelência na consultoria tributária, proporcionando um serviço rigoroso...

Saúde15 horas ago

Escova interdental deixa os dentes até 60% mais limpos

Especialista desmistifica o uso dessa ferramenta tão simples e, ao mesmo tempo, poderosa contra bactérias Já é de conhecimento amplo...

Saúde15 horas ago

Calvície masculina: quais os sinais de alerta?

Segundo o médico Stanley Bittar, é preciso observar o que acontece no couro cabeludo para buscar ajuda assim que necessário...

Saúde15 horas ago

Saiba como a Lei da Atração ajuda a transformar atletas em campeões nestas Olimpíadas

Um dos maiores atletas do mundo usou a técnica de visualização a favor de suas vitórias Os Jogos Olímpicos se...

Negócios15 horas ago

Confira três características essenciais de um bom vendedor e saiba como aprimorá-las

Segundo vice-presidente do SERAC, profissional de sucesso na área de vendas sabe gerir emoções e entender os processos Ter sucesso...

Negócios15 horas ago

Especialista discute segurança e validade jurídica de assinaturas eletrônicas e digitais em fichas de EPI

Para Thiago Avelino, CEO da SafetyTec, a preocupação com fraudes é válida para qualquer tipo de assinatura, seja manuscrita ou...

Advertisement

Ultimos Posts

Copyright © BusinessFeed