Connect with us

Politica

Advogado tributarista comenta sobre proposta de taxar em 20% lucros e dividendos: “Valerá ter uma empresa no Brasil?

Published

on

Eliézer Marins exemplifica como essa medida vai tributar valores que já são tributados pela nossa legislação

 

Para compensar a queda de arrecadação com a alteração da tabela de isenção do Imposto de Renda para R$2,4 mil , o ministro da Economia, Paulo Guedes estuda taxar lucros e dividendos com alíquota de 20%. A tributação terá uma faixa de isenção de R$ 20 mil por mês.

O advogado tributarista Eliézer Marins criou um exemplo para demonstrar o impacto que essa medida pode gerar. Segundo ele, o que o ministro quer é tributar algo que já é tributado pela nossa legislação.

“Vamos dizer que uma empresa X LTDA optante pelo lucro real, fature R$ 200.000,00, depois de pagar, salários, aluguel, os impostos como PIS, COFINS, INSS, FGTS e ICMS, auferiu o lucro líquido de R$ 20.000,00. Parou por aí o pagamento de impostos? Não!!!! Sobre isso a empresa ainda pagará o IRPJ, na alíquota de 25% mais 9% de CSLL. Ou seja, nesse exemplo a empresa depois de ter pago R$ 180.000,00, pagará mais R$ 6.800,00, restando assim R$ 13.200,00 para pagar parcela de carro, gasolina, escola, médico, supermercado, dentista, aluguel de casa, sabendo que a média de impostos nesses itens ou serviços adquiridos são de 55%, na verdade o valor total de dinheiro sem impostos é R$ 5.940,00. Imagina fazer esse cálculo acrescentando a alíquota de 20% do Ministro Guedes? Quanto sobrará para o empresário? Valerá ter uma empresa no Brasil?”, questiona o advogado

De acordo Eliézer, quem conhece um pouco de História sabe que fatos parecidos já aconteceram antes.

“Em 1861 nos Estados Unidos, o imposto federal inicialmente era cobrado somente para quem ganhava acima de U$S 800,00 (oitocentos dólares) anuais, como pode acontecer agora a maioria do povo americano não reclamou, pois quem ganhava o que seria hoje R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) por ano ganhava muito e tinha que pagar. Porém, o que eles não sabiam é que, já no ano seguinte, o governo americano começou a incluir alíquotas progressivas para quem ganhava abaixo desse valor. O que o ministro propõe fazer aqui no Brasil é exatamente igual, é simplesmente colocar o sapo na panela com água fria e esquentar gradualmente”, argumenta.

O advogado tributarista afirma que o ministro, para enganar a população, fala dos lucros dos acionistas de grandes corporações.

“Porém na verdade quem vai ser afetado diretamente é quem mais emprega no país, o micro, pequeno e médio empresário”, conclui.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Politica

Advogado Luiz Antonio de Lima, que atua no Taboão da Serra, fala sobre Transação Tributária

Published

on

Luiz Antonio de Lima - Foto Acervo Pessoal

Um pouco mais sobre Transação Tributária com o advogado Luiz Antonio de Lima de Taboão da Serra

A transformação na relação entre fisco e contribuinte de um ambiente de conflito permanente para um ambiente cooperativo, no qual o foco fosse a aprimoração de serviços ao contribuinte e a conformidade fiscal, tem início no ano de 2008 no Fórum sobre Administração Tributária (FTA) da OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – (OECD, na sigla em inglês).

No Estado de São Paulo, este marco foi a Lei Complementar 1.320 de 06 de Abril de 2018. Essa Lei tem entre os seus princípios a simplificação do sistema tributário estadual, a boa-fé e previsibilidade de condutas e segurança jurídica pela objetividade e coerência na aplicação da legislação tributária. O foco principal da Lei 1.320/2018 é a conformidade fiscal e a autorregularização.

Nesse contexto, após iniciativas exitosas no âmbito federal no final de 2019, o Estado de São Paulo aprovou e editou em 2020, uma sequência de instrumentos normativos, com a finalidade de disciplinar a transação terminativa de litígios relacionados à dívida ativa inscrita tributária ou não.

Segundo Luiz Antonio de Lima Taboão da Serra, tall procedimento está de acordo com o que preceitua o artigo 156, III c/c o artigo 171 do Código Tributário Nacional, permitindo ao fisco e contribuintes, celebrarem transação que encerre litígios, mediante concessões mútuas.

Os referidos instrumentos normativos foram a Lei Estadual nº 17.293, de 15 de outubro de 2020 – que estabelece medidas voltadas ao ajuste fiscal e ao equilíbrio das contas públicas, a Resolução nº PGE-27, de 19 de novembro de 2020, que disciplina a transação terminativa de litígios relacionados à dívida ativa inscrita e a Portaria SUBGCTF-20, de 4 de Dezembro de 2020.

Luiz Antonio de Lima - Foto Acervo Pessoal

Luiz Antonio de Lima – Foto Acervo Pessoal

Quais as características principais da transação paulista?

Vamos a elas: Aplica-se a pessoas físicas ou jurídicas, proporcionando para os débitos inscritos em dívida ativa descontos de juros e multas, parcelamento, diferimento de pagamentos ou moratória, além da substituição ou alienação de bens dados em garantia de execução fiscal. Um importante ponto é que a transação paulista não suspende de forma automática processos administrativos ou judiciais, porém estabelece que a suspensão poderá ser acordada entre as partes.

Os descontos serão fixados em razão inversamente proporcional ao grau de recuperabilidade das dívidas, de forma que as mais bem classificadas tenham descontos maiores relativamente às dívidas com pouca probabilidade de recuperação, comenta o advogado Luiz Antonio de Lima Taboão da Serra.

Os descontos poderão variar de 20% a 40% sobre juros e multa, com um limite que varia de 15% a 30% do valor total atualizado da dívida. Nos casos de parcelamento, o número máximo de parcelas mensais será de 84, nos casos de devedor em recuperação judicial ou extrajudicial, insolvência e liquidação. Ainda, poderá ser de 60 parcelas mensais nos demais casos.

Foi criado o “rating da dívida” com os critérios definidos na Portaria SUBGCTF-20 em função de garantias apresentadas, depósitos judiciais, tempo de inscrição do débito, histórico de adimplência do devedor, dentre outros. Esse rating será classificado em função da recuperabilidade do crédito em A(recuperabilidade máxima), B, C ou D (irrecuperável).

Luiz Antonio de Lima - Foto Acervo Pessoal

Luiz Antonio de Lima – Foto Acervo Pessoal

Caso o contribuinte esteja interessado, como fará a adesão?

A modalidade de transação por adesão, será feita exclusivamente de forma eletrônica, conforme proposta estabelecida pela Procuradoria Geral do Estado em edital para extinção de cobrança da dívida ativa e, quando o caso, de ação judicial, para valores inferiores a R$ 10.000.000,00 (dez milhões), explica Luiz Antonio de Lima Taboão da Serra.

A Transação Individual, aplica-se aos casos de cobrança da dívida ativa, por proposta do devedor ou da Procuradoria Geral do Estado. Por último, a Transação Individual, nos casos de ação judicial envolvendo débito inscrito, por proposta do autor.

De fato, trata-se de uma excelente iniciativa. No entanto, há espaço para aperfeiçoamento. O Estado de São Paulo poderia ser um pouco mais ambicioso e inovador. Os descontos propostos ainda são tímidos, caso levemos em consideração que há poucos anos, existiam multas tributárias punitivas de 200%, 150%. O número de parcelas é reduzido. A Lei Federal, de forma ordinária, permite a quitação em até 84 meses, contados da data da formalização da transação e redução de até 50% do valor total dos
créditos a serem transacionados. Outro aspecto importante é que a Lei Federal se aplica, também, aos créditos tributários não judicializados e que se encontram ainda sob o controle da Administração Tributária. Um pouco mais sobre o assunto com o experiente advogado que atua no Taboão da Serra, Luiz Antonio de Lima.

Por fim, até o presente momento, não há proposta de vinculação de pagamentos ao faturamento das empresas nem na Lei Federal, tampouco, na Lei Estadual.

Luiz Antonio de Lima
Advogado de Taboão da Serra

Luiz Antonio de Lima - Foto Acervo Pessoal

Luiz Antonio de Lima – Foto Acervo Pessoal

Luiz Antonio de Lima - Foto Acervo Pessoal

Luiz Antonio de Lima – Foto Acervo Pessoal

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Business

Cadastro para o Auxílio Empreendedor termina neste domingo

Published

on

By

O Auxílio Empreendedor deve beneficiar seis mil empreendedores de Manaus com a quantia de R$ 300 em parcela única

Manaus – A Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) registrou nas últimas 48 horas 10.374 cadastros para o programa Auxílio Empreendedor, que teve início na última sexta-feira (16), às 8h. A Semtepi orienta, mais uma vez, que todos preencham corretamente as informações, pois 230 pessoas começaram o processo, mas não finalizaram, e o cadastro só será válido após a conclusão das cinco etapas.

O Auxílio Empreendedor é uma ajuda emergencial que irá contemplar permissionários, empreendedores e informais já cadastrados no sistema municipal, ativos e com registro atualizado nas galerias populares e locais administrados pela Prefeitura de Manaus.

De acordo como Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Fumipeq), o Auxílio Empreendedor deve beneficiar seis mil empreendedores com a quantia de R$ 300 em parcela única. Para esta ação foi destinado R$ 1,8 milhão para pagamento não reembolsável. “A ação visa promover aos  empreendedores contemplados condições mínimas e dignas de retomarem suas atividades e seus sustentos”, disse o secretário executivo do Fumipeq, Geison Assis.

Inscrição

O cadastro deve ser feito por meio de formulário eletrônico de requerimento. O auxílio emergencial será transferido diretamente para a conta do beneficiário, conforme dados bancários informados.

O pedido incluído no sistema não significa que o requerente será beneficiado. Os dados pessoais serão cruzados com outras informações e posteriormente as pessoas cadastradas começarão a receber o alerta de aprovação para receber o benefício. O cadastro poderá ser feito até as 23h59 deste domingo (18).

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Business1 dia ago

O Brasil e o desafio da eletro mobilidade

Por Ricardo David, sócio-fundador da Elev A eletromobilidade nas ruas é uma realidade no exterior há alguns anos. América do...

Business1 dia ago

Mandaliti participa do 6° Fórum Contencioso de Massa, em São Paulo

Renato Mandaliti, sócio do Mandaliti, fala sobre “Agilidade e implantação do Scrum no jurídico – a experiência da transformação cultural...

Business1 dia ago

Mentoria gratuita explica como o ‘Embedded Finance’ pode diferenciar um negócio da concorrência, atrair e engajar novos clientes

Empreendedores da Auddas explicam como o Embedded Finance pode diferenciar um negócio da concorrência, atrair e engajar novos clientes O...

Cal Junior - Fundador Presidente da Ô Amazon - Foto: Divulgação Cal Junior - Fundador Presidente da Ô Amazon - Foto: Divulgação
Empreendedorismo1 dia ago

Água brasileira produzida a partir do ar da Floresta Amazônica recebe prêmio na Europa

Água brasileira produzida de forma consciente a partir do ar da Floresta Amazônica, a “Ô Amazon Air Water”, comercializada desde...

Rodrigo Teaser durante o Show - Foto: Rose Lima Rodrigo Teaser durante o Show - Foto: Rose Lima
Celebridades3 dias ago

Rodrigo Teaser se apresenta com o espetáculo ‘Michael Lives Forever’ na Palladium Times Square em NY

O último sábado, 25 de Junho, foi inesquecível para Rodrigo Teaser, que é cantor e dançarino, considerado o principal cover...

Moda4 dias ago

Empresária fala sobre as principais tendências da moda para o inverno

Com a chegada do inverno, é hora de apostar nas tendências da moda e também tirar aquelas roupas que ficam...

Business4 dias ago

Sucesso em grandes eventos, Sorvete Retrô anuncia novidades da marca

Por Viviane de Almeida Popular nas décadas de 80 e 90, o sorvete retrô ou sorvete americano fez parte da...

Geral5 dias ago

Maior turnê nacional de empreendedorismo e marketing chega à São Paulo

“O objetivo é propagar nossa mensagem para o maior número de pessoas com o evento BBC On The Road que...

Famosos1 semana ago

Brunno Hernandez lança música “Cascavel”, que fala sobre relacionamentos tóxicos

A música produzida por Mabê da Angorá traz elementos do pop e do rock, trazendo uma nova sonoridade e identidade...

Famosos1 semana ago

Axel vai apresentar luta livre no Band Sports

A luta livre que formatou as maiores audiências na TV brasileira em décadas anteriores está de volta. Sucesso nos Estados...

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © BusinessFeed