Connect with us

Contabilidade

Contador André Charone comenta a reforma tributária do Imposto de Renda

Published

on

Ainda em negociação no congresso, a proposta de reforma tributária no Imposto de Renda, já está causando discussão entre boa parte da população brasileira.    

Isso porque, se for aprovada, ela beneficiará os contribuintes de menor renda e os pequenos investidores. Já uma parte da classe média, que não poderá mais entregar a declaração de imposto de renda Pessoa física simplificada, e os grandes investidores, sentirão mais o peso da carga tributária.    

Diferente do que acontece hoje no IR, o contribuinte tem a liberdade de escolha de qual tipo de declaração deseja fazer, se aprovada as mudanças sugeridas pelo relator do projeto na câmara, o deputado Celso Sabino (PSDB/PA), os contribuintes com rendimentos abaixo de R$ 40 mil anuais, (Pouco mais de R$ 3 mil por mês), podem optar pela declaração simplificada. Já quem passar esse valor de R$ 40 mil por ano será obrigado a entregar a declaração completa.   

Para os contribuintes que tinham o costume de fazer a declaração simplificada, vai ficar a sensação de perda tributária, porque não haverá mais a possibilidade de usufruir da simplificação. A tendência é que quem apresentava a declaração simplificada receba a restituição do IR menor ou até tenha um valor a pagar, caso não tenha despesas dedutíveis, como educação, saúde ou dependentes para compensar.    

O mercado financeiro não recebeu com bons olhos essa proposta, já que agora está se iniciando de forma gradativa uma recuperação nas empresas que foram afetadas negativamente pela pandemia do novo coronavírus, e essa reforma pode aumentar a carga tributária.    

Dentre todas essas mudanças sugeridas, uma das principais é o corte de 2.5 pontos percentuais na alíquota base do IRPJ. Com isso, ela sairia dos atuais 15% para 2,5%. O corte seria de 10% no primeiro ano e de 2,5% no segundo.    

A proposta de reforma também atinge a tributação de investimentos. Por exemplo, haverá fim da isenção sobre rendimentos imobiliários distribuídos a pessoas físicas, com cotas negociadas em Bolsa a partir de 2022.    

O relator também sugeriu acabar com a regra que permite que as empresas deduzam do imposto de renda o dobro das despesas comprovadamente realizadas no programa de alimentação, que inclui gastos com pagamento de cestas básicas para funcionários, alimentação no trabalho ou fornecimento de alimentos.     

A reforma se for aprovada também atingirá os setores químicos, higiene, perfumaria, indústria de embarcações e aeronaves, que perderão benefícios fiscais. Esse corte nos benefícios atingiria 20 mil empresas, mas beneficiaria outras 1.1 milhão por propiciar a redução no Imposto de Renda, segundo o relator.   

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Contabilidade

Um terço das pequenas empresas opera sem conta jurídica

Published

on

Métodos alternativos de pagamento ganham relevância no segmento responsável por 30% do PIB brasileiro

O Dia Internacional das Micro, Pequenas e Médias Empresas, comemorado em 27 de junho, destaca a relevância do segmento para a economia. De acordo com o Sebrae, os pequenos negócios – somados aos microempreendedores individuais (MEIs) – movimentam cerca de R$ 420 bilhões ao ano. O montante corresponde a 30% do PIB brasileiro.  

Outro dado do Sebrae, com base no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), estima que o Brasil tenha pelo menos 2.300 novas MPEs abertas a cada dia. Entretanto, um número significativo opera sem conta bancária para Pessoa Jurídica (PJ), enfrentando desafios para manter operações financeiras em funcionamento.

Segundo a pesquisa Indicador Nacional de Atividade da Micro e Pequena Indústria, do Datafolha, 28% das empresas funcionam sem conta bancária de Pessoa Jurídica (PJ); entre microindústrias a porcentagem atinge 33%. O levantamento aponta São Paulo como o município com a maior taxa de empresas informais: um terço opera sem conta PJ.

Para Cristiano Maschio, CEO da fintech Qesh, a desbancarização reflete dificuldades econômicas e questões burocráticas enfrentadas por esses empreendimentos: “Muitas PMEs têm dificuldade para abrir contas devido a requisitos de documentação e histórico financeiro. Além disso, taxas elevadas associadas às contas bancárias podem ser um fardo significativo para empresas de menor porte”.

Conforme levantamento do Datafolha, 69% das empresas desbancarizadas faturam até R$ 15 mil por mês. Outra preocupação é a probabilidade de fechamento no curto prazo: 72% apresentam maior risco de fechamento em comparação com as que possuem contas de pessoas jurídicas.

“A falta de uma conta bancária formal pode impactar negativamente a capacidade das empresas de acessar crédito, realizar transações comerciais e expandir operações de forma estruturada”, ressalta Maschio.

Alternativas

Em meio aos desafios, métodos alternativos de pagamento despontam entre empresas desbancarizadas. Ainda de acordo com o Datafolha, 87% utilizam contas pessoais – pessoa física – para movimentar recursos da empresa, embora a prática possa gerar confusão entre finanças particulares e empresariais.

Soluções como contas digitais e cartões pré-pagos, oferecidos por fintechs, também são uma opção viável para PMEs. Conforme relatório compilado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Finnovista, o número de fintechs quadruplicou nos últimos seis anos na América Latina. A maioria, 57%, tem como alvo a população desbancarizada.

“Enquanto muitas pequenas e médias empresas no Brasil enfrentam desafios ao operar sem uma conta bancária de pessoa jurídica, o cenário está mudando com a introdução de soluções digitais. A busca por maior inclusão financeira e a simplificação dos processos burocráticos são essenciais para apoiar o crescimento sustentável desses empreendimentos no país”, afirma o CEO da Qesh.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Contabilidade

Empresa de contabilidade lança a Syhus Academy, revolucionando a educação financeira

Published

on

Cristiano Freitas, CEO da Syhus Contabilidade - Foto: Acervo Pessoal

A Syhus Contabilidade anunciou o lançamento da Syhus Academy, que promete revolucionar o mercado de educação financeira. Com sua notável trajetória em atender startups e scale-ups, a Syhus Contabilidade reconhece a crescente demanda por mão de obra qualificada.

Diante a essa demanda, a Syhus Academy surge como uma resposta inovadora a estas necessidades. Este novo empreendimento educacional tem como objetivo capacitar profissionais de contabilidade e finanças, seja para aqueles que buscam migrar do cenário de negócios tradicional para o digital ou para os novos profissionais que já desejam ingressar no mercado com uma formação alinhada às exigências atuais.

O que a Syhus Academy oferece:

Assinatura da plataforma com cursos livres e formações complementares, ambos, desenvolvidos por especialistas no setor, que abrangem desde os fundamentos até as estratégias mais avançadas para startups e negócios em crescimento.
Estudos de caso reais e aprendizado prático, garantindo que os participantes não só compreendam a teoria, mas também saibam como aplicá-la efetivamente no mundo dinâmico das startups.

Os alunos terão acesso a uma comunidade formada por outros profissionais de finanças e contabilidade, tendo a oportunidade de interagir diretamente com importantes personagens da nova economia.

“A Syhus Contabilidade sempre esteve à frente da inovação no setor contábil para empresas de tecnologia. Com a chegada da Syhus Academy, vamos preparar uma nova geração de profissionais, que serão os protagonistas da transformação no mundo das finanças e contabilidade”, afirma Cristiano Freitas , CEO da Syhus Contabilidade. “Estamos comprometidos a criar um ecossistema, onde o conhecimento e a experiência se unem para gerar profissionais altamente qualificados, prontos para atender às necessidades dos negócios digitais de hoje e do futuro”.

Cristiano Freitas, CEO da Syhus Contabilidade - Foto: Acervo Pessoal

Cristiano Freitas, CEO da Syhus Contabilidade – Foto: Acervo Pessoal

O que você precisa saber para entrar no universo da Syhus Academy:

As atividades começam em 25 de janeiro de 2024 , com inscrições já abertas para os primeiros cursos. O programa promete não só transmitir conhecimento técnico, mas também desenvolver habilidades estratégicas e analíticas, essenciais para os profissionais que desejam se destacar no mercado de tecnologia.

Essa iniciativa reflete o compromisso da Syhus Contabilidade em contribuir para um mercado mais qualificado e preparado para os desafios da era digital. Convidamos profissionais de contabilidade e finanças a se juntarem a nós nessa jornada de aprendizado e crescimento. Para mais informações sobre a Syhus Academy e como se inscrever, visite syhus.academy.

Sobre a Syhus Contabilidade:

A Syhus Contabilidade é líder em serviços contábeis para o mercado de tecnologia, com mais de 10 anos de experiência em atender startups e scale-ups. Combinando expertise técnica com uma abordagem inovadora, a empresa se destaca por sua capacidade de oferecer soluções customizadas que atendem às necessidades.

A Syhus Academy é mais do que uma escola de negócios; é um catalisador para a transformação e sucesso profissional.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Contabilidade

Assessor contábil Cláudio Lasso explica por que o planejamento tributário é tão importante para sua empresa

Published

on

O CEO da Sapri Consultoria também cita os benefícios de planejar os tributos

Fazer o planejamento tributário traz grandes benefícios para a empresa. Apesar da sua importância dentro do mercado, a tributação muitas vezes é deixada de lado na gestão financeira do negócio, o que pode impactar negativamente o crescimento empresarial.

Segundo o assessor contábil Cláudio Lasso, o planejamento tributário é indispensável, pois o empreendedor precisa se inteirar dos custos fiscais e das exigências de cada taxa, imposto e contribuição.

O profissional explica que o planejamento tributário amplia a visão da gestão de pagamento de tributos de uma empresa, identificando maneiras de reduzir o valor por meio de procedimentos legais e transparentes.

“É uma ferramenta de gestão financeira que ajuda a planejar o pagamento de tributos e a reduzir legalmente o valor da carga tributária. Esse planejamento é estruturado de acordo com as necessidades de cada empresa, levando em conta a formatação do negócio, os custos dos insumos e até as estratégias de logística”, explica o contador de formação.

De acordo com ele, as empresas que adotam o planejamento fiscal em suas estratégias de negócio conseguem cumprir todas as suas exigências legais. “Além disso, a gestão tributária ajuda a planejar, conhecer, analisar e estudar as formas existentes de tributação que envolvem a sua empresa.Assim, é possível identificar formas de diminuir as despesas empresariais e, claro, otimizar o trabalho da equipe contábil”, completa Lasso.

Ele elencou outros benefícios do planejamento tributário:

Evita impostos indevidos
O planejamento tributário ajuda a identificar os tributos voltados para cada tipo de negócio. Por exemplo: uma empresa prestadora de serviços não pagará os mesmos impostos que uma empresa de produtos. Isso quer dizer que, em alguns casos, é possível usufruir da isenção de impostos e outros custos tributários.

Mantém a empresa em conformidade com a lei
Não é novidade que muitos fatores colaboram para o crescimento de uma empresa – a legalidade é um deles. Improvisar ou tentar enganar os órgãos legisladores é uma fraude dificilmente perdoável pela lei, e os júris podem repreender a empresa por isso.

No planejamento tributário é possível adotar um sistema de economia legal, diminuindo as taxas tributárias sem fazer procedimentos fraudosos.

Redução da burocracia

A burocracia do sistema tributário pode ser mais assustadora que os valores a serem pagos. Mas, na verdade, a papelada excessiva pode ser evitada com um planejamento antecipado. Isso porque a ação observa todos os critérios e identifica a quantidade de declarações a entregar, os períodos e os controles legais a fazer.

Prevenção de multas
Ao aplicar o planejamento tributário na gestão do negócio, você reúne todas as informações necessárias sobre as obrigações fiscais. Ao conhecer e planejar melhor a tributação, é possível reduzir as possibilidades de multas e outras dificuldades com a fiscalização.

Mas não há somente um tipo de planejamento tributário. Os dois principais são o operacional e o estratégico. O assessor contábil explica a diferença entre eles:

Operacional
Mais básico, voltado para as empresas que preferem um planejamento trimestral ou semestral. No operacional, o negócio foca nas obrigações fiscais do dia a dia e nas datas de pagamento dos próximos meses, deixando tudo alinhado com a equipe contábil.

Estratégico
O planejamento tributário estratégico é voltado para as empresas que visam entender o regime tributário mais conveniente, considerando seus valores, missão e visão. Aqui, o objetivo principal é a adequação à legislação brasileira.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Esporte8 minutos ago

Vila São José é um dos favoritos no Campeonato Amador de Taubaté

Time tem mostrado forte evolução na competição e é uma das mais tradicionais forças do futebol da cidade O Vila...

Negócios2 horas ago

Infidelidade e Divórcio: Impactos Legais na Separação de Iza e Yuri Lima

A recente notícia sobre a possível separação da cantora Iza e de seu marido, Yuri Lima, em meio a alegações...

Negócios2 horas ago

Os Riscos de Receber Pagamentos Via PIX: Autônomos Enfrentam Desafios com Receita Federal

Com o crescimento do trabalho autônomo e informal no Brasil, muitos profissionais têm optado por receber pagamentos através do PIX,...

Famosos2 horas ago

Conheça um pouco da trajetória da Miss Infantil Emily Stroppiana

Emily Stroppiana tem 9 anos, nasceu na cidade de Calgary, Alberta no Canadá. Ela é canadense e naturalizada brasileira. Atualmente,...

Famosos3 horas ago

Sarah Beauty é Presença Confirmada no Prêmio Génios da Atualidade no Casino do Estoril em Portugal

Sarah Beauty, renomada esteticista especialista em massagens manuais, será premiada no Prêmio Génios da Atualidade, que ocorrerá no Casino do...

Negócios3 horas ago

Transformando a Confeitaria em Educação e Empoderamento Digital

Nesta série de entrevistas que homenageia as mulheres do nosso país, entrevistamos a Luciana Santos, empresária e fundadora do Instituto...

Business4 horas ago

Júlia Bicalho se Reúne com Empresárias Selecionadas em Dubai para Evento Exclusivo em Outubro

Em outubro, Júlia Bicalho, renomada empresária e fundadora do Grupo Bicalho, se reunirá em Dubai com empresárias selecionadas para um...

Famosos5 horas ago

Mentora de Mulheres ganha destaque com sua transformação e ajuda outras mulheres a se destacarem no mercado!

Nesta série de entrevistas que homenageia as mulheres do nosso país, entrevistamos a Gabrielle Spitz, uma mulher guerreira que passou...

Saúde6 horas ago

Hemocentro disponibiliza ônibus para doação de sangue durante a Expo Peças 2024

Com capacidade de atendimento de 120 pessoas por dia, serviço de utilidade pública vai ao encontro da proposta do evento...

Famosos7 horas ago

Tio Paulo, ator do filme “Luccas e Gi em: Os Dinossauros”, visita crianças com câncer

O influencer irá participar do projeto “Herói do Bem por um Dia” Nesta quinta-feira, o ator e influenciador Tio Paulo,...

Advertisement

Ultimos Posts

Copyright © BusinessFeed