Connect with us

Politica

Renata Banhara discorre sobre as dificuldades das Mulheres na política

Published

on

Diante de tantas ações que buscam garantir maior participação das mulheres na política,, para mudar essa realidade, é imprescindível não somente o estímulo ao lançamento de mais candidaturas femininas, mas também o apoio efetivo para que as candidatas sejam vistas com credibilidade e força política pela população.

As ações educativas para combater a desigualdade de gênero; combater as distorções históricas e seculares que colocaram a mulher em segundo plano, são fundamentais para o esclarecimento e maturação de que políticas públicas para mulheres devem ser geridas por mulheres.

As mulheres ocupam apenas 15% das cadeiras na Câmara dos Deputados; no Senado, são 13%. Nas assembleias estaduais, a mesma situação: apenas 161 mulheres foram eleitas, o que também representa uma média de 15% do total de postos. Lamentável!

Temos de garantir a paridade de gênero no Congresso Nacional e nas assembleias. As mulheres são 50% do eleitorado brasileiro. A lei que exigiu um mínimo de 30% de mulheres candidatas nas chapas foi importante, mas não é suficiente.

As Mulheres precisam criar uma rede de apoio, é importante as mulheres praticarem a sororidade e votarem em candidatas mulheres, assim fortaleceremos este elo.
A política necessita e deve ser assunto de mulher sim! É relevante a escolha de candidatos e candidatas compromissados com políticas públicas e propostas para as mulheres e para o nosso Brasil, conclui Banhara.

Acompanhe as redes sociais @rebanhara @sos.mulheroficial

Crédito das Fotos: Dereck Gomes

Crédito das Fotos: Dereck Gomes

Crédito das Fotos: Dereck Gomes

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Politica

Regulamentação da reforma tributária é aguardada com ansiedade

Published

on

Destrava Brasil destaca o impacto que a aprovação dos decretos regulamentadores terá em várias atividades econômicas

O governo deve enviar ao Congresso na próxima semana dois projetos de lei para regulamentar pontos da reforma tributária, a Emenda Constitucional 132, aprovada em 2023.

A expectativa é que na segunda-feira (15.04) aconteça esse envio dos projetos de lei complementar (PLPs). Na quarta-feira (17.04), o secretário extraordinário da reforma tributária, Bernard Appy, é aguardado para esclarecer os projetos a parlamentares.

Segundo o Destrava Brasil, essa fase da reforma é tão ou mais importante quanto a aprovação da Emenda, pois irá definir a maneira como muitos setores da economia serão tributados nos próximos anos.

“Estão sendo aguardadas validações para propostas como cashback, uso de tecnologia 5.0 para arrecadação dos impostos, entre outras. Muitos setores levaram esses pleitos até o governo, e agora é o momento de saber quais propostas foram incorporadas ou assimiladas pelos projetos de lei”, comenta Luiz Renato Hauly, do Destrava Brasil.

É o caso das locadoras de veículos, que, a partir de consenso entre as entidades nacionais representativas do setor, estiveram em Brasília para apresentar à Secretária Extraordinária os impactos que as modificações implementadas no sistema tributário brasileiro podem causar à atividade, principal cliente da indústria automotiva e grande geradora de empregos.

A reforma tributária estabelece um novo IVA, imposto sobre valor agregado, aplicado sobre consumo, em substituição a cinco tributos – ICMS, ISS, IPI, PIS e Cofins.

Um dos pontos a serem definidos agora na regulamentação da lei é a alíquota desse IVA. Existe o temor de que, diante de muitas exceções, a alíquota fique entre 28 a 30%, elevada para os padrões internacionais.

O Destrava Brasil acompanha a reforma tributária desde os esforços para aprovar a matéria ainda no governo anterior. Para Luiz Renato Hauly, é necessário que os setores se mobilizem e tenham um acompanhamento especializado nessa fase da reforma.

“A mudança é muito profunda, e suas consequências serão duradouras. A reforma tributária é uma conquista da sociedade”, afirma Victor Hugo Rocha, do Destrava Brasil.

“Cabe agora a essa sociedade, com o governo em suas diferentes esferas, parlamentares e todos os setores econômicos à frente encontrarem o equilíbrio que permitirá termos uma reforma justa e solidária”, completa Luiz Renato.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Politica

Lincoln Portela assume compromisso com Nova Serrana, e oferece um café no Congresso Nacional para empresários do setor calçadista

Published

on

O deputado federal Lincoln Portela (PL) foi Vice-Presidente da mesa da diretora da Câmara dos Deputados. É um dos parlamentares mais experientes do Congresso Nacional, na bancada mineira é o Deputado com o maior número de mandatos e um total de 24 anos de exercício parlamentar. No destaque de sua atuação no legislativo Federal, está a sua participação na comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Com grande prestígio parlamentar, trânsito e diálogo, Lincoln Portela assumiu um compromisso de mobilizar todos os integrante da maior bancada Parlamentar Federal, os 99 deputados do PL em prol da pauta apresentada pelos empresários calçadistas e lideranças de Nova Serrana. Será a maior mobilização no âmbito federal em prol da cidade do calçado.

“A cidade de Nova Serrana ocupa lugar de destaque no cenário nacional, está entre os 8% dos municípios mais ricos do Brasil. Só em 2020 o PIB da cidade bateu 2,3 bilhões. Uma das cidades que mais geram emprego, com saldo positivo desde 2021 (pandemia COVID).
Só no ano 2023, até maio, foram criados mais 2.439 novos postos de empregos.

Tudo isso é possível, porque Nova Serrana hoje produz cerca de 105 milhões de pares de calçado por ano.

Segundo o deputado, tal cidade precisa de um olhar atencioso e de ações efetivas do poder público”

Vale relatar que, apenas em 2022 o setor público arrecadou cerca de 430 milhões em impostos.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Politica

Debate sobre cursos presenciais e à distância são desafios no Ensino Superior do país

Published

on

Em entrevista ao Young Podcast, a secretária de Ensino Superior do MEC Profª Denise Pires de Carvalho, aponta os principais desafios da pasta para 2024

Um dos desafios para cumprir a meta do Plano Nacional de Educação (PNE) Lei 13.005/2014 e como fazer para reverter o quadro de desinteresse do jovem estudante em concluir o curso superior e integrar a sociedade de forma ativa, foram os principais assuntos discutidos entre a secretária de educação superior do MEC Profª Denise Pires de Carvalho e Rodrigo Bouyer, avaliador do INEP e sócio diretor da BrandÜ Consultoria e da Somos Young, no terceiro episódio da série “Young Podcast”.

Um dos pontos principais do debate foi relacionado às questões de ensino presencial e à distância, para a secretária: “em algumas profissões só se formam profissionais de qualidade com uma experiência no campo de atividade e práticas diárias. Por exemplo, não se consegue formar enfermeiros de qualidade com cursos EAD, estou citando a enfermagem, mas podemos incluir outros cursos”, explica a secretária.

Segundo a especialista, um dos desafios do MEC será aumentar a regulação sobre os cursos ofertados na modalidade à distância, bem como a definição de quais profissões podem ser cursadas neste método de ensino e quais deverão ser proibidas sob pena de um estudante com formação inadequada causar danos à sociedade. “Acolhimento, cuidados e humanização são fundamentais para um profissional completo, ainda mais na área da saúde”, completa.

Rodrigo Bouyer, avaliador do INEP, sócio diretor da BrandÜ Consultoria e da Somos Young conduziu a entrevista abordando temas como etarismo nas universidades, necessidade de incentivar jovens ao ensino superior, a importância da interiorização de universidades e cursos especializados, evasão de alunos por problemas socioeconômicos, principal causa das desistências no país.

A média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em países da Europa e nos Estados Unidos é de 47%, enquanto o Brasil não atinge atualmente a média de 25% e antes dos anos 2000, o índice era ainda pior, não ultrapassando a marca de 20%. “Ao mesmo tempo que estamos falando de um país que precisa se desenvolver e fomentar a educação superior, estamos falando de um país que teve aumento da insegurança alimentar, aumento da fome, aumento da pobreza. Como fazer o aumento da educação e ao mesmo tempo atender esta demanda presente que é a erradicação da fome e da extrema pobreza do Brasil, este é um desafio gigante para os próximos anos”, explica Denise.

O “Novo FIES” também foi assunto de destaque na conversa e o que a secretária pode adiantar é que a pasta está trabalhando muito para apresentar um “FIES de inclusão, reconstrução do projeto e mais facilidade de acesso para os estudantes. Para 2024 este novo programa vem repaginado, já começamos com o reajuste do teto do curso de medicina e tantos outros projetos para que os alunos não apenas ingressem no curso desejado, mas que eles possam se formar e ser um gerador de recursos para a sociedade. E não só o FIES mas os demais programas assistenciais como o Prouni e o SiSu”, finaliza a secretária.

O conteúdo completo da entrevista está disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=h_7zlcc1_bs

Um dos principais canais de notícias e debates sobre o Ensino Superior no Brasil, o Young Podcast, traz com exclusividade uma entrevista reveladora com a secretária de Educação Superior do MEC, Profª. Denise Pires de Carvalho, que acumula em sua trajetória de sucesso passagens pela Universidade Federal do Rio de Janeiro como professora titular e reitora, foi diretora do Instituto de Biofísica do Hospital Carlos Chagas Filho, presidente da sociedade latino americana de tireoide e, desde janeiro deste ano, assumiu a secretaria de educação superior do Ministério da Educação.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Entretenimento13 minutos ago

Grupo RG Samba lança novo single pela Radar Records

Um dos mais tradicionais grupos de samba do país, o RG Samba acaba de anunciar novo single. Trata-se da obra prima musical...

Geral38 minutos ago

Short Report Reveals The Undeniable Facts About Ecuador Girls And How It Can Affect You

Instead, their pure and polite character attracts the surrounding people. You will recognize her nice jokes combining with a versatile...

Entretenimento4 horas ago

Descubra a Importância dos Portais de Notícias para a Cobertura de Famosos

Nos dias atuais, os portais de notícias on-line têm desempenhado um papel fundamental ao oferecer facilidade e agilidade na busca...

Geral21 horas ago

As yet not known Facts About Hot Russian Women Unveiled By The Authorities

There are Russian women who are enticing beyond 40 or 50 or even 60 years old. On the other hand,...

Geral22 horas ago

The Honest to Goodness Truth on Norwegian Bride

When it involves courting a Norwegian girl, you may surprise about potential language barriers. English proficiency is kind of prevalent...

Geral22 horas ago

How Does Hot Indian Girl Work?

Despite progress being made towards gender equality, there are still challenges that women face, including unequal pay and restricted entry...

Geral23 horas ago

Why I Love/Hate Brazilian Mail Order Bride

They additionally tend to be hot-tempered and could be very demanding. If you need to know the method to get...

Geral24 horas ago

The Insider Secrets of Colombian Girls Discovered

This would possibly imply compartmentalizing your life a bit, or even laying down robust ground rules from the very starting...

Geral1 dia ago

Top India Women Reviews!

When it involves how an Indian lady acts in bed, so much will depend on how easily she is there...

Geral1 dia ago

What Everyone Is What You Ought To Do And Saying About Hot Colombian Girl

They are loyal and trustworthy when they are relationship men they like. All this is combined with their inherent sexuality...

Advertisement

Ultimos Posts

Copyright © BusinessFeed