Connect with us

Saúde

S.O.S Rufca contra impostos nos medicamentos Conheça o gestor público que está à frente do movimento.

Published

on

Campanha quer isenção total de impostos sobre Medicamentos

Consultas regulares, medicamentos de alto custo e orçamento familiar totalmente comprometido com a saúde. Essa foi a realidade de Rommel, 56 anos, durante o tratamento de um enfisema pulmonar, doença que se desenvolve nos tecidos do pulmão. “Em determinado momento, feitas e refeitas as contas, percebi que a cada três meses eu pagava praticamente R$ 2 mil só de impostos ao governo”, afirma Roberto Rufca, que ajudava o irmão nos gastos com broncodilatadores, corticoides e outros medicamentos durante o tratamento. O quadro clínico de Rommel se agravou e ele não resistiu, morrendo no início deste ano de 2021.

No Brasil, os impostos sobre medicamentos variam de 18% a 42%. Quem vive em países como Inglaterra, Canadá e Colômbia não se preocupa com isso: por lá, a tributação sobre os remédios simplesmente não existe. Diante do cenário brasileiro e do caso do irmão, Roberto Rufca criou uma campanha, levantou uma bandeira e chamou a sociedade para uma causa: exigir isenção total de impostos sobre remédios.

Sem a tributação, o risco de uma pessoa suspender o tratamento por falta de dinheiro vai diminuir e, assim, a saúde deixará de disputar o orçamento com outros gastos essenciais, como alimentação básica, por exemplo. “Um adesivo transdérmico usado no tratamento do Mal de Alzheimer custa mais de 700 reais. Para conter o avanço do Mal de Parkinson, existem remédios que chegam a custar 400 reais. No caso do câncer, um medicamento custa inimagináveis R $2 mil, praticamente dois salários mínimos. Quem pode pagar estes valores? ”. A tributação sobre os remédios cria duas perversidades: num primeiro plano, ela sobrecarrega o SUS, já que alguém que enfrenta um câncer e não tem dinheiro para comprar os medicamentos tende a ter complicações clínicas, podem precisar de internação, cirurgia, UTI. Na outra face dessa moeda, esse volume de impostos, que afasta o brasileiro comum de cuidados mais preventivos com a saúde, reforça a percepção de que cada um de nós paga muitos tributos sem ter a contrapartida esperada em relação à qualidade dos serviços públicos. “É um binômio que parece antagônico, mas, na verdade, as questões se complementam”, afirma Rufca. “Tudo isso já seria suficientemente complexo, mas precisamos lembrar que a economia brasileira não saiu do lugar na última década. Nosso PIB praticamente não oscilou nestes 10 anos. E o resultado dessa enfermidade econômica está aí: crise social, crescimento da insegurança alimentar – o nome bonito que os tecnocratas dão para a fome dentro de casa -, inflação em alta, seja dos alimentos, do preço do botijão de gás ou do valor dos combustíveis nas bombas dos postos. Além disso, 15 milhões de desempregados, 12 milhões de brasileiros que estão se virando sabe Deus como e uma infinidade de jovens nas grandes cidades que não trabalham e não estudam, os chamados Nem-Nem”, enumera. “Zerar os impostos sobre os remédios é ter sensibilidade para ampliar os horizontes e mudar a realidade, universalizando os acessos, marca das democracias europeias que têm vigor e que, por isso, dão respostas mais efetivas aos seus povos”, finaliza.

Quem está à frente dessa campanha

Roberto Rufca paulistano de 58 anos, formado em Marketing e a 36 anos atuou e colaborou na expansão do Metrô de São Paulo. Também carrega a especialização em gestão pública, atuando em áreas importantes da administração do Estado, como na chefia de gabinete da Secretaria de Estado de Logística e Transportes, além de aprimorar seus estudos na Escola de Governo – Formação de Governantes e ter cursado “Ética e Justiça: O que é o certo a fazer”, na Harvard University.

Descendente de avós árabes e italianos, Rufca é palmeirense desde os primeiros passos, quando morava no bairro do Sumaré, próximo ao antigo estádio Palestra Itália. Sonhava, ainda na infância, ser cantor; vivia nos estúdios e microfones da antiga Rádio e TV Tupi, onde seu pai trabalhou na década de 60.

A carreira de Rufca começou com uma experiência que tem se popularizado, mas era bastante escassa nos anos 70: jovem aprendiz na Light. Até hoje, ele guarda recordações positivas dessa experiência, passagem que o aproximou do poder público e da necessidade de ouvir melhor as pessoas, entender as expectativas delas e as necessidades mais imediatas que elas trazem e têm.

Rufca foi Superintendente de Projetos Especiais na Dersa, Secretaria da Cultura, Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano e Assessoria Especial na Presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo. “De modo geral, a gente sente que as pessoas têm uma expectativa de sentir um funcionamento mais célere e eficaz do Estado como instituição”, avalia sobre as experiências que traz em tamanha bagagem. “Precisamos pensar em políticas públicas que deem resultado e que tragam respostas para essa gente, sobretudo com a desburocratização e com iniciativas que ajudem a gerar emprego”, complementa.

Rufca trabalha na Cia do Metrô desde 1985: começou aos 22 anos nas atividades operacionais, passando por diversas áreas e funções. Hoje, atua na Diretoria de Assuntos Corporativos. “É muito gratificante olhar para trás e ver o quanto a expansão do Metrô transforma a vida das pessoas. Hoje, é possível sair do Capão Redondo, no extremo sul da cidade; ou de Itaquera, na zona leste, e chegar à Praça da Sé, à Estação São Bento ou à Avenida Paulista em cerca de 40 minutos. Isso faz muita diferença na qualidade de vida das pessoas”, enfatiza.

Participe desse movimento

S.O.S. RUFCA está em campanha para acabar com todos os impostos sobre medicamentos no Brasil. E para participar do abaixo assinado para pressionar o Congresso Nacional, o Governo Federal e os Governos Estaduais para acabar com essa INDECÊNCIA, de cobrança de Tributos em cima dos Medicamentos. Para assinar basta acessar o link a seguir https://chng.it/xmstzSmbM5

Para saber mais sobre Rufca seu manifesto basta acessar https://sosrufca.com.br/ e por suas redes sociais

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Saúde

“O negócio é não ficar doente”, explica a nutricionista funcional Denize Costa sobre alimentação saudável!

Published

on

“Você é o que absorve. O negócio é não ficar doente”. Com esta frase, a nutricionista funcional Denize Costa faz uma releitura da clássica “você é o que você come” para explicar os benefícios da Nutrição Funcional. ” Teu corpo é a tua Ferrari. Você não vai colocar uma gasolina batizada nela. O mesmo acontece com os alimentos absorvidos pelo seu organismo”, explica Denize.

Denize Costa é professora da Educação Básica, Nutricionista. Com suas especialidade em Nutrição Clínica e Funcional. Pós graduanda em Ayurveda, uma especialização que traz tanto a teoria quanto a prática do sistema de medicina tradicional da Índia.

Denize faz questão de alertar quanto aos malefícios de uma alimentação baseada em produtos industrializados, pobre em nutrientes. “Pode comer uma besteira de vez em quando? Pode. Mas, alimentos empacotados não podem ser regras na sua dieta”, explica.

Segundo a nutricionista a qualidade de vida vem do princípio de sentir prazer no viver. Ela explica que se obtém uma boa qualidade de vida com a mudança e melhoria nos hábitos, que agregam tanto no aspecto físico quando no psicológico, podendo elevar de forma positiva a qualidade de vida.

Conhecendo os benefícios da nutrição funcional. Ela afirma que a Nutrição Funcional é uma nova linha, que tem como foco a prevenção dos desequilíbrios do corpo, entendendo que um organismo saudável é resultado daquilo que ele recebe como alimento ou por meio do ambiente em que está inserido. “Neste contexto, o sintoma é apenas uma dica do que deve ser curado e não um fator a ser eliminado temporariamente. Ou seja, a cura está na causa e a causa, geralmente, está na má qualidade da alimentação”, diz a profissional.

Para Denize, “dentro deste novo campo de estudos e aplicação da Nutrição, muitas desordens metabólicas, doenças crônicas ou não, distúrbios alimentares e programação genética são possíveis. Todas elas, por meio de alimentos e fitoterápicos, se distanciando de fármacos e dietas extenuantes”.

“O grande diferencial da Nutrição Funcional é o apreço que se há pela promoção do equilíbrio entre corpo e mente e sua visão ao ser humano como um todo, não apenas focando em um órgão adoecido”, explica Denize.

“Quando um paciente procura a nutricionista para perder peso, invariavelmente, ele chega com vários sintomas de outras desordens que com certeza estão atrapalhando seu emagrecimento. É ali que vamos atuar para colocar este corpo em equilíbrio e então, como consequência de um organismo equilibrado, virá a perda de peso ponderada e segura”.

Conheça mais sobre os trabalhos da especialista no link abaixo.
https://www.instagram.com/nutridenizecosta?igsh=MTc3MjJvOGxvOGpuZw==

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Quiropraxia tem riscos? Saiba a importância de buscar um bom profissional

Published

on

A quiropraxia pode ajudar a trazer melhoras incríveis, mas precisa ser feita por um profissional qualificado para isso, afirma o fisioterapeuta José Ordenes

Dores do joelho, do pescoço, na coluna, etc., podem afetar bastante a qualidade de vida tanto pelo desconforto, quanto por limitar os movimentos. Mas cada vez mais técnicas importantes têm se popularizado para ajudar a tratar esse tipo de problema, como é o caso da quiropraxia.

A Quiropraxia é um conjunto de técnicas de manipulação das articulações para restaurar e manter a saúde através do alinhamento da coluna vertebral e as articulações de membros.

De acordo com o fisioterapeuta José Ordenes, a técnica ajuda a melhorar bastante as dores e a mobilidade do paciente.

“Não é à toa que a quiropraxia se popularizou tanto nos últimos anos, ela é altamente eficaz na redução da dor e na melhoria da mobilidade dos pacientes. Os ajustes quiropráticos permitem aliviar a dor por meio de estimular os analgesicos internos do corpo do paciente, o que não só reduz a dor, mas também melhora na mobilidade e na percepção de bem estar corpo”, afirma.

Quiropraxia traz riscos?

Muitas pessoas ficam impressionadas com os vídeos que circulam pela internet sobre práticas de quiropraxia, mas os ‘estalos’ tradicionais da técnica não são perigosos e sim benéficos, mas sempre quando são feitos por profissionais qualificados.

“Qualquer técnica de fisioterapia e reabilitação precisa ser realizada por um profissional qualificado e experiente para ter bons resultados, se ela for feita por pessoas leigas no tema podem trazer problemas e acabar piorando a situação, principalmente quando se trata de articulações mais sensíveis”.

“A aplicação correta, frequência e intensidade são essenciais para bons resultados e para evitar complicações. Um quiropraxista experiente tem o conhecimento necessário para realizar ajustes com precisão, garantindo alívio de forma segura. Por isso, sempre busque por um profissional qualificado”, alerta José Ordenes.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Disforia de gênero: Entenda o que é a condição que afetou Maya Massafera

Published

on

Estima-se que 0,5% a 1% da população mundial sofra com disforia de gênero, afirma o Pós PhD em neurociências Dr. Fabiano de Abreu Agrela

Após a influenciadora e youtuber Maya Massafera ter sofrido uma crise de disforia no Festival de Cannes, na França, pouco tempo após revelar publicamente o resultado da sua transição de gênero levantou vários debates na internet sobre o que seria a disforia e suas causas.

Nas redes sociais, Maya revela que passou um ano em transição em segredo e que sofre de disforia, mas que está muito feliz com a transição: “Hoje quero falar sobre minha disforia e como eu gostaria que vocês pegassem esse exemplo e levassem pra vida de vocês!!! […] Fiquei quase 1 ano me transicionando, sem ter vazado nada”.

O que é disforia de gênero?

De acordo com o Dr. Fabiano de Abreu Agrela, Pós PhD em neurociências e autor do estudo “Disforia de gênero, multidisciplinaridade e neurociências: Uma visão ampliada sobre o tema”, em parceria com o mestre em neurociências Dr. Francis Moreira e o bacharel em medicina Dr. Bruno Loser, a disforia é o não reconhecimento de características do seu sexo biológico.

“A disforia de Gênero (DG) é uma condição em que a pessoa sofre uma discordância entre seu sexo biológico e sua identidade de gênero. Diversos sistemas reconhecem a importância do apoio médico e psicológico para essas pessoas, incluindo a possibilidade de tratamento com terapia de reorientação de gênero e/ou cirurgia de mudança de gênero”.

“Mas existem críticas aos sistemas de classificação, argumentando que rotular a disforia de gênero como transtorno pode perpetuar a discriminação e o estigma em relação à comunidade trans”, explica.

O que fazer em casos de disforia?

A disforia, no caso de Maya, continua mesmo depois da transição de gênero, o que reforça a necessidade de um acompanhamento multidisciplinar para pessoas com a condição antes, durante e depois do processo.

“Uma abordagem multidisciplinar e baseada em evidências é essencial para entender e tratar a disforia, não basta apenas a assistência de um único profissional, mas sim um tratamento mais amplo, com psicólogos, psiquiatras, neurocientistas, etc., para auxiliar o paciente a atingir uma identidade de gênero coerente”.

“Existem evidências científicas de que há alterações neuroanatômicas e neurofuncionais em pessoas com disforia desde o nascimento, como diferenças na formação de feixes nervosos e na atividade dos neurotransmissores, o que ajuda a diminuir o preconceito e estigma sobre quem duvida dessas alterações estruturais”, afirma Dr. Fabiano.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Mais Lidas

Negócios11 horas ago

Sucesso: Chef Soraya Bonfim Atrai Visitantes de Todo o País para Saborear Sua comida em Paraty

Natural de Campo Formoso, na Bahia, a chef Soraya Bonfim, tem se destacado no cenário gastronômico nacional graças ao seu...

Negócios14 horas ago

Produtora de BaianaSystem e Mahmundi, Renata Brasil traz dicas para a gestão de negócios focados no universo artístico

Gestora da Brazuca Management, profissional revela que a chave principal para engrenagem funcionar é organização e planejamento entre as etapas ...

Negócios15 horas ago

Evento vai mostrar a empreendedores como atingir sete dígitos em vendas online

Mapa da Escala tem o objetivo de revelar os segredos para expandir os negócios digitais Samuel Pereira, empresário e fundador...

Negócios15 horas ago

Em São Paulo, evento “Posicionamento High Ticket” promete inovação e sofisticação para negócios

Segundo Tatiana Mika, idealizadora do evento, essa é uma oportunidade ímpar para mulheres que desejam elevar sua presença no mercado...

Negócios17 horas ago

Empreendedorismo e Contabilidade: A Dupla Essencial para o Sucesso nos Negócios

Na jornada empreendedora, onde a paixão e a inovação são frequentemente os protagonistas, a contabilidade pode não ser a primeira...

Negócios17 horas ago

Bet7k é premiada em mais um grande evento

Depois de ganhar os principais prêmios da Bis Sigma Américas 2024 a Bet7k repetiu o feito e foi a principal...

Entretenimento18 horas ago

Rogério Lopes: De Empresário a Escritor religioso de sucesso

Nesta série de entrevistas que homenageia os empresários do nosso país, entrevistamos Rogério Lopes, de 50 anos, escritor e empresário...

Geral3 dias ago

Why I Love/Hate Snifffr

That mentioned, the customer and seller are free to agree on the mode of payment. As such, both events assume...

Famosos3 dias ago

Allisson Rodrigues encontra a atriz Regina Duarte na Casacor

Allisson Rodrigues é só alegria! O sertanejo que acaba de lançar o single “Borboletas no Estômago” ao lado de Gabriel da...

Saúde4 dias ago

“O negócio é não ficar doente”, explica a nutricionista funcional Denize Costa sobre alimentação saudável!

“Você é o que absorve. O negócio é não ficar doente”. Com esta frase, a nutricionista funcional Denize Costa faz uma...

Advertisement

Ultimos Posts

Copyright © BusinessFeed